Ao Cubo: Minha experiência com Roacutan

quarta-feira, fevereiro 1

Minha experiência com Roacutan

Boaaa noite migos!

Quando começamos com a ideia de fazer esse blog, logo eu tive a intenção de escrever minha experiência com o uso de Roacutan (é composto por Isotretinoína), o famoso remédio utilizado para espinhas, que dizem fazer milagre e desaparecer as espinhas... rsrs.

COMPOSIÇÃO
Cada cápsula gelatinosa mole contém: 

Isotretinoína................................................................................................10 mg
excipiente* q.s.p...........................................................................................1 cap
* óleo de soja, acetato de racealfatocoferol, edetato dissódico di-hidratado, butil-hidroxianisol, óleo de soja parcialmente hidrogenado, triglicérides de óleo de palma hidrogenado, cera amarela de abelha, sorbitol, gelatina farmacêutica, glicerol, dióxido de titânio, óxido de ferro preto, corante vermelho ponceaux e água purificada.

O remédio é indicado para quem tem quadros graves de acne ou para quem já realizou tratamentos  tópicos e com antibióticos, mas não obteve resultado. Antes de usar a Isotretinoína, eu usei muitos ácidos e secativas, cheguei até tomar antibiótico (meu estomago não aguentou o uso de antibióticos, tive crise de refluxo por uma semana, coisa que não acontecei há anos), nada adiantou por muito tempo, pois minhas acnes eram internas, doloridas e um pouco inflamadas. Como eram concentradas na bochecha, doíam muito.

Decidi ir na dermatologista e pedir o remédio, tive muitas recusas até encontrar uma que me autorizasse a tomar. Assinei muita papelada, termos de responsabilidade, declarações que eu estava ciente que não poderia engravidar (pode causar deformidade no feto), que eu deveria tomar o medicamento acompanhado por uso de anticoncepcional (gravidez e/ou lactação é totalmente fora de questão durante o uso e por um bom tempo depois. Os meninos também não podem engravidar ninguém rsrs), exames mensais para verificar coagulação, contagem de glóbulos, hipertensão, fígado, colesterol, triglicérides, etc. - Caso você decida tomar, seu médico vai te passar tudo isso e MUITO mais. 

Vejam bem, tudo o que escreverei a partir desse ponto é sobre a minha experiência, como meu corpo reagiu ao medicamento e cada pessoa pode ter uma reação diferente.

Realmente, o remédio limpa o rosto! No começo, é como se "jogasse" tudo que está interno pra fora... o rosto empipoca bem mais, dá um desânimo danado, até que o milagre se inicia: é espinha secado, é cravo sumindo, é rosto ficando menos vermelho e dolorido, é o cabelo que não fica mais oleoso, é testa que não brilha mais, é você tendo coragem de passar uma base mais pesada.

MAS, como tudo na minha vida tem uma mas, não foi um mar de rosas. Eu deveria tomar o remédio por 8 meses - meu caso não era tão grave -, só que acabei tomando por mais ou menos 6. Mais ou menos mesmo, porque no fim eu simplesmente desisti. Muita gente diz não ter reação adversa ou ter muito pouca, fui agraciada com várias!

É necessário entender que a Isotretinoína meio que vai secando/ eliminando o excesso de sebo e inibe a proliferação de sebócitos, só que no caminho vai secando várias coisas rsrs. Segue as reações adversas que aconteceram comigo e o que eu fazia para diminuir o desconforto:

  • Boca e nariz sangrando: no começo dá medo, do nada - depois de já tomar o remédio por 1 mês +/-, quando eu passava a mão no nariz, escorria sangue. A boca então, era fora do sério, era esquecer de umedecer ou passar algum protetor labial, que eu já sentia sangue escorrendo até o queixo. Acordei diversas vezes com a boca suja de sangue, pois ficava várias horas sem umedecer, ficava muito seca, rachava e acabava sangrando. Para o nariz, eu usei muita solução nasal e por experiência própria: vicia sim! Mesmo depois de parar de usar o remédio, eu ainda achava que morreria sem respirar se eu não pingasse o bendito do vidrinho do nariz. Aliava muito e eu conseguia respirar, diminuía bastante o sangramento também, só que tem seus contras. Já para a boca, eu tinha muitas opções para auxiliar, minha dermato indicou o Bepantol, que é ótimo, mas não cabia no meu bolso, então eu usava um protetor labial da Nivea, que me atendeu muito bem e que uso até hoje, afinal meu lábio nunca voltou a ser como era antes.
  • Olho ressecado: era uma tristeza. Meu olho vivia ressecado e passei a ser dependente de colírio, ainda mais que eu trabalho com o ar-condicionado ligado o dia todo. As pessoas achavam até estranho, pois eu estava com cara de choro (colírio escorrendo) ou forçando a vista e fazendo cara de doida.
  • Fadiga: podem colocar a culpa no sedentarismo, no entanto, depois que eu parei de tomar o remédio, passei a me sentir bem menos fadigada. Minha respiração era mais sofrida e eu me cansava muito fácil para andar pouco metros.
  • Pele sensível: isso é fato. A isotretinoína dá uma boa afinada na pele, não dá nem pra fazer depilação à cera em muitos casos, tudo machuca, tudo te corta fácil, a sensibilidade é quadruplicada.
  • Feridas na pele (erupções cutâneas): é meus amigos, foi aí que decidi desistir do tratamento. No início do tratamento já recebemos a informação de que tomar SOL É PROÍBIDO (se você ainda está decidido a tomar, fuja do sol, ele é seu inimigo, não confie nele, use blusa de manga cumprida, boné, calça comprida, protetor solar, more em uma caverna se possível). Em um belo dia, tive que voltar a pé pra casa e tomei um pouco de sol, já era à tarde, nem estava tão forte, meu rosto estava lotado de protetor, mas os braços não.... no começo, saiu algumas pequenas feridas nos meus braços, que pareciam que iam "abrindo", não sei explicar. Quando se toma esse tipo de remédio, nossa cicatrização torna-se bem mais demorada, o que intensificou a demora para cicatrizar minhas feridinhas, quando estas cricatrizaram, fiquei com manchas no braço e muita gente me ridicularizava, dizendo que era "pano branco", impinge, verme, coisas ridículas (falarei delas, as pessoas más, mais para frente), me fazendo chorar muito. Eu já sofria horrores com olho, nariz, boca, cansaço fora do normal e ainda tinha que aguentar gente chata querendo fazer diagnóstico caseiro comigo. Cheguei no consultório da dermato chorando horrores e ela interrompeu o tratamento. Usei um anti-inflamatório (com corticoides) tópico para melhorar e muito Hidrogel (em creme, nada de aplicar no corpo ein) para hidratar a pele, cicatrizar e remover as células mortas. No fim, consegui voltar meu braço ao normal, mas já tinha interrompido o tratamento.
  • Gripes pioram: foi o fim do fim. Depois das feridas, tive uma gripe muito forte e parei de vez. A isotretinoína pode baixar a imunidade e faz simples gripes ficarem piores.
Se decidir por tomar o Roacutan, preciso te alertar para a pior de todas as coisas >> as pessoas. Muita gente vai querer assinar teu atestado de óbito, contar sobre um parente que tomou e não deu certo, falar sobre os malefícios e, em muitas casos, vão te colocar para baixo sim. Muita gente não quer ver sua melhora e vão preferir te ver pra baixo.

Se eu tomaria de novo? É difícil dizer agora, depois de 3 anos. Por muito tempo, não nascia se quer uma acne no meu rosto e agora voltaram algumas, provavelmente por eu não ter feito o tratamento correto ou por excesso de hormônios, não sei dizer. Porém, eu uso muita secativa, passo muito alto frequência (tenho um em casa) e vou vivendo! rs

Eu sofri muito e é difícil dizer se teria feito diferente, hoje sei que se me derem a opção de tomar novamente, não tomo de jeito nenhum, afinal piorou muito meus problemas de estomago, meu olho continua meio ressecado e a boca não é a mesma. Porém, naquela época, quando eu sofria com a crise do patinho feio, era a opção que eu tinha, era o que foi capaz de levantar meu astral, me fez ficar feliz comigo mesma. Mesmo com todos os Contras, naquele tempo valorizei muito mais os Prós. Eu era uma menina cheia de espinhas internas e passei a não ter medo de por a cara no mundo.

É um medicamento extremamente complicado e como eu disse, a menina de hoje não tomaria, só que no caso de muita gente é a única coisa que pode ajudar ou melhorar a pele.

Se você decidir por tomar, te dou todo o apoio e sugiro que tenha em mãos: um bom colírio (se puder, compre aqueles que imitam lágrimas), protetor labial (jamais, em hipótese alguma, use manteiga de cacau), soro fisiológico para o nariz (use soluções nasais em último caso, foi muito difícil para com o vicio), protetor solar fator 999 (+boné, camisetas de mangra comprida, calças compridas, cavernas a sua disposição) e um hidratante poderoso.

Se decidir por não tomar, insista nos produtos de uso tópico. Peça à sua Dermatologista uma boa secativa e à sua Esteticista seções com uso de Alto Frequência (uns choquinhos maneiros que secam bastante as espinhas).

Então é isso, espero ter ajudo e, caso tenham alguma dúvida, postem nos comentários.


*Esta postagem é somente para mostrar a experiência da usuária. Não nos responsabilizamos pelo uso do remédio, de reações adversas e reclamações. Sempre procure um médico antes de iniciar o uso de qualquer medicamento e siga as instruções que lhe forem passadas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário